Esses são os 6 sintomas de câncer de útero que JAMAIS devem ser ignorados

O câncer de útero, também conhecido como câncer de colo do útero ou câncer cervical, é uma doença que afeta milhares de mulheres em todo o mundo. Embora seja uma condição grave, quando detectado precocemente, o câncer de útero tem altas taxas de cura.

Portanto, é fundamental estar atenta aos sinais e sintomas que podem indicar a presença dessa doença. Neste artigo, vamos discutir os seis sintomas de câncer de útero que jamais devem ser ignorados.

1. Sangramento vaginal anormal: O sangramento vaginal fora do período menstrual é um dos sintomas mais comuns e preocupantes do câncer de útero. Isso inclui sangramento entre os ciclos menstruais, sangramento após a relação sexual, sangramento após a menopausa ou sangramento intenso e prolongado durante o período menstrual. É importante observar qualquer alteração no padrão de sangramento e buscar orientação médica se ocorrer algum sangramento anormal.

2. Dor pélvica: A dor na região pélvica, especialmente durante a relação sexual ou ao urinar, pode ser um sintoma de câncer de útero. Essa dor pode ser persistente e não aliviar com o tempo. É essencial informar ao médico sobre qualquer desconforto pélvico que esteja experimentando.

3. Corrimento vaginal anormal: Um corrimento vaginal com odor desagradável, com coloração incomum (como amarelo ou marrom) ou com consistência espessa e grumosa pode indicar problemas no colo do útero. É importante ficar atenta a qualquer mudança no corrimento vaginal e consultar um médico se houver preocupação.

4. Dor durante o ato sexual: A dor durante a relação sexual, conhecida como dispareunia, pode ser um sinal de câncer de útero. Essa dor pode ser causada pela presença de tumores ou pelo crescimento anormal das células no colo do útero. Se você sentir dor durante o ato sexual, é importante procurar a orientação de um profissional de saúde.

5. Perda de peso inexplicada: A perda de peso inexplicada, sem motivo aparente, pode ser um sinal de câncer de útero avançado. Isso ocorre porque o câncer pode afetar o metabolismo do corpo e causar perda de peso involuntária. Se você estiver perdendo peso sem alterações na dieta ou no estilo de vida, é recomendado buscar avaliação médica.

6. Fadiga persistente: A fadiga constante e inexplicável também pode ser um sintoma de câncer de útero. O câncer pode afetar negativamente a saúde geral, levando à fadiga persistente. Se você estiver se sentindo cansada e sem energia mesmo após descansar o suficiente, é importante relatar esses sintomas ao seu médico.

É importante ressaltar que esses sintomas não são exclusivos do câncer de útero e podem estar relacionados a outras condições de saúde. No entanto, se você estiver enfrentando qualquer um desses sinais, é essencial buscar a avaliação de um profissional de saúde. Eles poderão realizar exames, como exame de Papanicolau, colposcopia e biópsia, para diagnosticar ou descartar a presença de câncer de útero.

Além disso, a melhor forma de prevenir o câncer de útero é realizar exames de rotina, como o exame de Papanicolau, que auxiliam na detecção precoce de alterações no colo do útero. Vacinas contra o vírus do papiloma humano (HPV) também são recomendadas para prevenir a infecção por esse vírus, que está associado ao desenvolvimento do câncer de útero.

Em resumo, estar atenta aos sinais e sintomas do câncer de útero é fundamental para um diagnóstico precoce e um tratamento eficaz. Não ignore qualquer alteração no seu corpo e busque cuidados médicos regulares para manter sua saúde em dia. Lembre-se de que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura e a qualidade de vida das mulheres afetadas pelo câncer de útero.

7. Dor durante a relação sexual: Mulheres com câncer de útero podem experimentar dor durante a atividade sexual. Isso ocorre devido ao crescimento anormal das células cancerígenas, que podem afetar os tecidos circundantes e causar desconforto durante a relação íntima.

8. Sangramento vaginal fora do período menstrual: Se você notar sangramento vaginal entre os períodos menstruais ou após a menopausa, é importante consultar um médico. O câncer de útero pode causar sangramento anormal devido à presença de tumores ou alterações no revestimento uterino.

9. Dor pélvica persistente: Algumas mulheres com câncer de útero podem sentir dor ou desconforto contínuo na região pélvica. Isso ocorre quando o tumor se espalha para os tecidos circundantes ou pressiona órgãos próximos, como a bexiga ou o intestino.

10. Mudanças no hábito intestinal ou urinário: O câncer de útero avançado pode afetar os órgãos vizinhos, como o intestino ou a bexiga, e causar sintomas como constipação persistente, diarreia, sensação de pressão na região pélvica, dificuldade em urinar ou sangue na urina. Essas alterações podem ser um sinal de que o câncer se espalhou além do útero.

É importante lembrar que esses sintomas não são exclusivos do câncer de útero e podem estar relacionados a outras condições menos graves. No entanto, se você experimentar qualquer um desses sintomas de forma persistente ou incomum, é essencial buscar aconselhamento médico para obter um diagnóstico adequado.

A prevenção e o diagnóstico precoce são fundamentais para o tratamento bem-sucedido do câncer de útero. Por isso, é recomendável fazer exames regulares, como o exame de Papanicolau, que ajuda a identificar alterações no colo do útero antes que se tornem cancerosas, e consultar um médico regularmente para monitorar a saúde ginecológica.

Lembre-se de que o câncer de útero pode ser tratado com sucesso quando diagnosticado precocemente. Portanto, fique atenta aos sintomas mencionados e não hesite em procurar assistência médica se necessário. Cuidar da saúde é fundamental para uma vida plena e saudável.

Check Also

Meu gás que só durava 1 mês agora tá durando 6 meses: vendedor de gás me ensinou

No cotidiano corrido das nossas vidas, poucas coisas são tão essenciais quanto o fornecimento de …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *